O que eu uso na fotografia outdoor? Filtros!

Vamos aos filtros!

Finalmente o post que muita gente esperava, sobre os filtros que eu uso e indico! Para quem não sabe, criei uma série de posts sobre os equipamentos que eu uso – de verdade! nas minhas sessões fotográficas de paisagem. Já saiu um sobre câmeras e lentes e agora vou falar dos filtros. Sim, porque um fotógrafo de paisagem sem filtros precisa rever seus conceitos! Os filtros servem como modificadores/controladores de luz, algo como os softboxes usados por fotógrafos de estúdio. Sem eles, você fica totalmente à mercê da luz, da forma como ela se apresenta. Em muitas situações não é preciso usar filtro nenhum, a natureza já resolve tudo para você. MAs, quando ela não colabora, você pode melhorar – e muito – a captação daquela imagem sabendo usar os filtros certos.

Vou listar abaixo os filtros que eu tenho atualmente (to sempre atualizando esse post) com links direto para a Amazon, que é onde eu compro 99% das vezes, pois além de ter praticamente tudo que você precisar, a entrega é confiável. Estes links são “patrocinados” ou seja, o valor é o mesmo e você comprando diretamente por eles, eu ganho uma pequena comissão na venda, o que me auxilia a manter o canal do Youtube funcionando! 😉 Obrigado pelo suporte! 

Neste post vou abordar apenas os filtros para fotografia de paisagem. Vamos à eles!

Filtros polarizadores

O polarizador é um dos filtros essenciais da fotografia outdoor. Ele funciona como os óculos escuros de lentes polarizadas:  “alinha” a direção da luz do Sol, deixando as cores mais vivas, retirando reflexos de lagos, mares, vidros, etc. O polarizador é composto por 2 filtros presos, ao rosqueá-lo na câmera, você consegue girar em falso um desses filtros, e claramente percebe a saturação das cores mudando. É um filtro típico de ser usado em dias de Sol, luz clara, céu azul, mar, lagoas, etc. ou então nuvens com variações grandes de tons de cinza. Normalmente ele ‘rouba” 1 a 2 pontos de luz, dependendo do filtro, portanto a sua fotometria fatalmente vai mudar ao colocá-lo na lente.

Atenção ao comprar, o filtro deve ter o mesmo diâmetro da lente que você vai usar!  Os diâmetros de mercado mais comuns às lentes das câmeras DSLR são 58mm, 72mm, 77mm, 82mm.

A Hoya é uma fabricante clássica de filtros, e dos bons. Eu gosto bastante dos polarizadores deles. Este modelo, HD, eu comprei recentemente e ainda vou fazer um video sobre ele. Ele rouba apenas 1 ponto de luz, o que é bom, e é bem suave, não satura demais as cores. DE negativo, acho o perfil lateral dele muito fino, as vezes quando estou colocando ou tirando da lente tenho medo de deixar cair! Mas até agora, um excelente filtro.

Link, filtro de 77mm: https://amzn.to/2JTvirA

O Pro1-Digital da Hoya é o polarizador que eu venho usando nos últimos 5-7 anos. Gosto dele, mas está tão detonado, arranhado, que optei por comprar um novo recentemente, o HD (review ai em cima). Porque mudei? Porque queria conhecer um filtro novo, e que não perdesse tantos stops. O Pro1 perde 2 stops de luz, enquando o HD apenas 1 stop. Ainda vou fazer um video mostrando as diferenças dos 2. De qualquer forma gosto bastante desse filtro também. É um pouco mais barato que o HD, mas de ótima qualidade.

Link, 77mm: https://amzn.to/2HRqxg1

Filtros  Neutro Graduados

Os filtros neutro graduados são o supra-sumo da fotografia de paisagem. Com eles, você consegue isolar partes da imagem, ainda durante a execução da foto, para controlar a luz que incide sobre aquela parte. Dessa forma, você tem uma fotometria balanceada, permitindo captar a luz de forma uniforme em toda a paisagem. Esses filtros roubam de 1 a 15 stops de luz onde estão aplicados, dependendo do filtro, marca, etc.  É extremamente útil para situações que os fotógrafos outdoor passam o tempo todo: Uma área da paisagem, em primeiro plano, sombreada, enquanto outra parte da paisagem, recebendo uma linda luz de fim de tarde. Para os fotógrafos iniciantes, é difícil as vezes entender isso, pois os nossos olhos se adaptam automaticamente a todo tipo de luz, então olhando para a paisagem a olho nu, você não entende essa diferença. Mas experimente fotometrar no céu com a linda luz, que você vai perceber que o seu primeiro plano vai ficar totalmente escuro. Se inverter a fotometria, para o primeiro plano, o céu vai estourar branco. Os filtros Neutros graduados (conhecidos como ND) entram nesse momento.

Esses filtros podem ser de 2 tipos: Rosca ou quadrados. Os de rosca prendem direto na lente. Os quadrados exigem um adaptador, à frente da lente, para serem presos.

A K&F Concept é uma jovem marca que está entrando com tudo no Brasil. Me mandaram esse filtro para testar (veja o video: https://www.youtube.com/watch?v=igLzuUYXJYU) e eu gostei médio do resultado. Ele é um filtro VARIÁVEL, ou seja, você rosqueia ele na lente e depois vai girando, dessa forma ele vai escurecendo a imagem, perdendo de 1 a 5 stops. Com isso você controla a luz do ambiente e consegue fazer por exemplo um mar totalmente borrado, com baixa velocidade, em um dia de Sol à pino. Na prática, ele perdeu os 5 stops, em um ambiente de pouca luz (dentro da floresta) mas no teste da praia, só conseguiu chegar até -3 stops de luz. Pelo custo benefício, eu acho que vale, pois esses filtros são caros, e os filtros da K&F são bem mais baratos, resistentes e bons no sentido de não adicionar cor na imagem (isso é fundamental para um filtro que se diz NEUTRO). Outra coisa importante: Muitos desses filtros variáveis, quando chegam no limite máximo deles (5 stops, 10 stops) apresentam uma mancha que acaba saindo na foto. Eu já ouvi relatos de pessoas com filtros caros, que dão essa mancha. No caso do K&F, ele tem uma “trava” que não deixa passar dos 5 stops, então a mancha não aparece. Ponto para eles.

Link: http://bit.ly/2YsUgBR

Este filtro é a amostra da K&F Concept que eles não estão brincando, e que a Lee Filters que se segure. O ND8 reverse graduated tem uma faixa escura, que vai clareando para cima, de forma a ser o filtro perfeito para aquele por do Sol dramático, pois você poderá fechar 3 pontos de luz em cima da área onde o Sol está, mas sem afetar tanto as nuvens ou o céu logo acima. O filtro é de vidro, o que exige um cuidado extra, pois pode quebrar (os da LEE são de resina, mas arranham mais fácil). Recebi para testar e gostei do resultado, inclusive fiz um video comparativo entre os 2. Pelo custo benefício, vale super a pena.

Link: http://bit.ly/2YzbXju

Obs: Para usar este filtro, você precisa do “holder kit”, o kit para segurar o filtro em frente à câmera. Link: http://bit.ly/2YrIk3i

Este é um dos meus queridinhos. A B+W é uma marca alemã, do grupo Schneider Optics, qualidade indiscutível, tanto na ótica do filtro quanto na construção sólida do mesmo. Ele é um ND 3.0 ou seja, 10 stops. Eu comprei este filtro por recomendação do super fotógrafo de paisagens Cristiano Xavier, depois de uma viagem com ele à Patagônia. Naquela altura, eu já tinha um Lee 10 stops (ótimo também) mas a portabilidade de um 10 stops de rosca, sem precisar prender o holder kit na frente da lente à cada tentativa de borrar as nuvens.. me convenceu. Este é daqueles que não sai da mochila.

Link, diâmetro 77 mm: https://amzn.to/2EMXtVi
Link, diâmetro 58mm:  https://amzn.to/2HSZ9yj

A Lee Filters é a melhor fabricante de filtros graduados. Inglesa, seus filtros se popularizaram entre os fotógrafos de paisagens profissionais e semi-amadores, e são caros. Ah, são caros. Mas valem cada centavo! Este Lee Big Stopper é o famoso 10-stops da marca, o filtro quadrado preto que faz mágica. HOje eu tenho 2 filtros 10-stops: este e o B+W (acima). A diferença de qualidade entre eles é praticamente nula, a questão é a praticidade de usar. Se você está com o kit da Lee montado, trocando filtros e fazendo suas fotos, o Big Stopper funcionará perfeitamente ali naquele momento. MAs se voce precisa de um big stopper portátil, pequeno, ágil de colocar e tirar, eu recomendo o B+W , por ser de rosca. Mesmo assim, não vendo, não empresto, não dou meu Big Stopper Lee. Gosto tanto desse filtro que já quebrei outros 2 destes em ocasiões distintas, e comprei novamente.

Link: https://amzn.to/2JTZbbz

Obs: Para usar este filtro, você precisa ter o “foundation kit” que é o filter holder, para prender na frente da lente.

Lee Filters ND 0.6 Soft Grad

Mais um filtro Lee, este é um 0.6 soft grad, ou seja, bloqueia 2 pontos de luz e tem a borda divisória entre a parte escura e a parte clara bem suave, para não marcar na foto (“soft grad”). Uso este filtro para suavizar excessos de luz principalmente no céu, em finais de tarde claros demais. Recomendo!

Link: https://amzn.to/2HQC0fO

Obs: Para usar este filtro, você precisa ter o “foundation kit” que é o filter holder, para prender na frente da lente.

Este filtro é similar ao filtro Lee anterior (0.6) porém trata-se de um 0.9, ou seja, bloqueia 3 pontos de luz. Uso este filtro em situações de ainda mais contraste, céu bem claro e chão na sombra. Funciona que é uma maravilha, não incide cor na imagem.. um baita filtro.

Link: https://amzn.to/3177TIA

Obs: Para usar este filtro, você precisa ter o “foundation kit” que é o filter holder, para prender na frente da lente.

O “contra” de ter um filtro quadrado é esse: você precisa carregar consigo esse kit, composto por um anel (abaixo) para rosquear na lente, e o “holder” que é essa peça que segura o filtro. No caso da Lee, eles vendem as 2 peças separadas, pois o anel depende do diâmetro da sua lente. Já o holder é universal.

Link do Holder: https://amzn.to/3129jEx

Este é o anel que prende o holder na câmera. Você deve comprar de acordo com o diâmetro da lente que vai usar. As lentes de câmeras DSLR variam de 58 a 82mm, em média.

diâmetro 58mm: https://amzn.to/2KnGD2M

diâmetro 62mm: https://amzn.to/312IrE9

diâmetro 72mm: https://amzn.to/2WJCigQ

diâmetro 77mm: https://amzn.to/3129jEx

Este é o meu quiver atual de filtros. O próximo post será sobre tripés!

Abraços!

By |2019-11-21T17:10:40+00:00June 4th, 2019|Dicas de fotografia, Teste de equipamentos|

Leave A Comment

error: ©Marcello Cavalcanti