Teste na prática: Tripé K&F Concept TC-2335

TC-2335, um tripé muito leve e compacto. Mas será que vale a pena?

Quando a K&F Concept me mandou um email dizendo que queria que eu testasse em video um tripé, eu já tinha uma viagem para a Colombia marcada, e precisamente iria para uma ilha em especial, Providencia. Esta ilha é acessível por avião ou barco, e de avião – transporte que eu escolhi – tinha uma limitação MUITO GRANDE de peso de bagagem: apenas 10kg por pessoa, despachado. Provavelmente a maior limitação em avião que eu já enfrentei. Resultado: pedi que eles me enviassem o tripé mais leve possível, para que testasse justamente este custo-benefício. O meu tripé mais leve e compacto, que eu uso em situações de trilha e ocasionalmente em pequenas viagens, é um da Three Legged Thing, um modelo que nem existe mais, mas que seria equivalente a este aqui: https://www.3leggedthing.com/corey . Porém, esse tripé pesa 1,2kg. A K&F Concept me enviou então o TC-2335, que pesa míseras 700g, é feito em fibra de carbono com acabamentos em plástico, e se dobra em incríveis 34cm, em uma bolsinha que cabe dentro de qualquer mochila.

Levei o tripé para ilha de Providencia e o testei por lá, em um final de tarde lindo e chuvoso na praia. Antes disso, usei ele de forma bem compacta ainda em Bogotá, para estabilizar a câmera em cima de uma mureta, no por do Sol visto do alto de Monserrate, neste video aqui: http://marcellocavalcanti.com.br/colombia-ep1-fim-de-tarde-em-bogota/ . Mas foi em Providencia mesmo que eu fiz alguns testes de esforço, executando fotos em longa exposição, com mais de 1 segundo de duração, algumas com 5 segundos, para ver se ele literalmente “tremia na base”. Para o teste, usei a 5Ds (900g) + a 17-40mm (600g) o que dá um total de 1,5kg, pode parecer pouco mas não é. A cabeça do tripé é bem pequena e quase toda de plástico. Eu não posso atestar a durabilidade dela em longo prazo, pois ainda estou com ele há pouco tempo, mas de cara ela pareceu bem rígida. Ela tem ainda uma bolha e uma bússola, essa última bem útil e boa sacada, para você encontrar rapidamente o leste-oeste na cena, e ver para onde o Sol está indo. Também testei a cabeça na posição vertical, geralmente um problema para vários tripés, e ela segurou bem, assim como a sapata que não se mexeu. Testei o tripé em pé bem alto, e também abaixado próximo ao chão. Em todos estes testes ele se saiu muito bem, como você pode ver no video. Abaixo, alguns pontos para se observar, na minha opinião:

Prós:
• Leveza extrema – 700g
• Muito compacto quando dobrado – Cabe dentro da minha mochila, entre as lentes
• Bússola na cabeça – bem bolado
• Prolongamento de pernas do tipo “twist” – mais fácil de abrir todas juntas
• Abertura independente das 3 pernas – fundamental
• Preço (veja aqui)

Contras:
• Apenas 1 controle para movimentar a câmera – impossível para fazer panorâmicas por exemplo. Ao soltar a alavanca, a câmera perde a posição inicial. O ideal mínimo são 2 controles, um para a ballhead, outro para o movimento horizontal.
• Acabamento de plástico – poderá durar menos, não posso afirmar a longevidade

Conclusão: 
Pelo custo-benefício, é um ótimo produto para ter como um segundo tripé, ideal para viagens como essa que eu fiz, onde você precisa de o máximo de compactação no seu equipamento. Também muito bom para trilhas, pois pesa menos do que uma lente 70-200 por exemplo. Se ele tivesse 2 controles para a cabeça eu o consideraria excelente. Falta testá-lo em condições de vento, um pouco mais extremas, para ver como se comporta. Quem sabe no próximo video! 😉

Se você acha que esse tripé serve para as suas necessidade, pode comprá-lo direto no site da K&F Concept, aproveite que eles estão enviando com frete grátis para o Brasil! Link: http://bit.ly/32WBntj

By |2019-10-31T15:25:41+00:00October 31st, 2019|Dicas de fotografia, Por Trás da Foto no Youtube, Teste de equipamentos|

Leave A Comment

error: ©Marcello Cavalcanti